Susam treina profissionais de Itacoatiara em Teste do Pezinho

Notícias

A coordenação de Triagem Neonatal da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) concluiu nesta sexta-feira (16/08), em Itacoatiara, o treinamento de 32 profissionais em Teste do Pezinho.

O Teste do Pezinho é um exame feito a partir de sangue coletado do calcanhar do bebê. Ele permite identificar e impedir o desenvolvimento de doenças genéticas ou metabólicas que podem desencadear deficiência cognitiva e comprometer a qualidade de vida da criança.

O trabalho de treinamento dos profissionais do interior tem o objetivo de ampliar o acesso ao Teste do Pezinho, permitindo que o procedimento seja descentralizado, à medida que mais unidades de saúde terão profissionais aptos a executá-lo.

“A descentralização desse exame para todo o estado tem sido a estratégia da Secretaria de Estado de Saúde (Susam). O objetivo é qualificar toda uma rede de profissionais que atua nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), Centros de Atenção Integrada à Criança (Caic) e maternidades espalhadas pelos 62 municípios amazonenses”, comenta Cleomirtes Sales, coordenadora da Triagem Neonatal da Susam.

Cleomirtes explica que o treinamento faz parte da rotina de atividades da coordenação, como forma de garantir que os testes sejam feitos de forma correta e as amostram cheguem de forma adequada a Manaus, onde é analisada e é emitido o resultado.

“É muito importante que esses profissionais sejam qualificados para realizar a coleta de forma correta, porque o tempo vale ouro. Esse resultado tem que ser feito precocemente porque essas doenças precisam ser tratadas e acompanhadas adequadamente, desde os primeiros dias de vida da criança”, ressaltou Cleomirtes.

A coordenadora lembra ainda que aumentar o número de profissionais qualificados para realizar a coleta das amostras permite que o teste seja disponibilizado pelos municípios em mais de uma unidade de saúde, descentralizando e facilitando o acesso das mães e dos recém-nascidos ao Teste do Pezinho.

O Teste do Pezinho é realizado em postos de coleta que funcionam em unidades de saúde de todo o Estado, tanto na capital, quanto no interior. Em seguida, as amostras são enviadas ao laboratório de Triagem Neonatal da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), que é referência na análise do Teste do Pezinho para toda a região Norte.

Os testes feitos na rede estadual cobrem 85% dos nascidos vivos no Amazonas. Em 2018, foram realizados 65.382 exames para identificar as doenças em nascidos vivos no Estado. A meta é chegar a 100%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *