Vacinação evitou morte de quase 14 mil idosos acima de 80 anos

Vacinação evitou morte de quase 14 mil idosos acima de 80 anos

Saúde

Universidade Federal de Pelotas fez estudo com base nos dados de mortalidade do Ministério da Saúde e comparou com imunizados

As vacinas contra a covid-19 começaram a ser aplicadas no Brasil no dia 17 de janeiro e em três meses evitou a morte de 13.824 idosos acima dos 80 anos. A conclusão foi de um estudo feito pela UFPel (Universidade Federal de Pelotas) em parceria com a Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. 

Os pesquisadores usaram como base os dados do Ministério da Saúde de número de mortos e de cobertura vacinal, de 3 de janeiro até 22 de abril, e comparou com os óbitos antes da campanha de vacinação. No ano passado, os idosos com mais de 80 anos representavam de 25% a 30% das mortes por covid-19. No mês de janeiro de 2021, esse índice chegou a 28% do total de óbitos causado pelo SARS-CoV-2.  Em abril, o percentual caiu para 13%, o menor registrado nessa faixa etária desde o começo da pandemia.

Fonte: R7.COM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *