"CoronaVac é a vacina mais segura", afirma diretor do Butantan

“CoronaVac é a vacina mais segura”, afirma diretor do Butantan

Saúde

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou nesta segunda-feira (19) que a vacina chinesa contra o coronavírus, a CoronaVac, se mostrou até o momento a mais segura entre todas que estão em desenvolvimento no mundo.

A afirmação de Dimas Covas foi durante coletiva de imprensa em São Paulo, ao lado do governador do Estado, João Doria. O diretor do Butantan disse ainda que, no Brasil, apenas 35% dos 9 mil voluntários tiveram reações adversas leves após a aplicação da vacina, como dor no local da aplicação ou dor de cabeça.

Covas afirmou ainda que não houve registro de efeito colateral grave durante a testagem. Ele apresentou um quadro comparativo com outras vacinas que estão na fase três em desenvolvimento no mundo.

Até dezembro, o Instituto Butantan receberá 46 milhões de doses da CoronaVac, sendo 6 milhões de doses da vacina já prontas para aplicação. Outros 15 milhões devem chegar até fevereiro de 2021.

Até o momento, o governo paulista mantém a previsão do início da vacinação no estado para dezembro, mas para isso ocorrer é preciso ainda aguardar os resultados de eficácia que ainda não foram finalizados, previstos para sair em novembro ou dezembro.

Caso os testes comprovem a eficácia, a CoronaVac ainda vai precisar de aprovação da Anvisa para que a população comece a ser vacinada.

Nesta quarta-feira, o governador de São Paulo João Doria e ministro da saúde Eduardo Pazuello vão se reunir em Brasília para discutir uma possível distribuição da CoronaVac em todo o país, por meio do SUS.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *