Unidades de Saúde da zona rural promovem eleição para conselheiros locais

Unidades de Saúde da zona rural promovem eleição para conselheiros locais

Saúde

Encerrando o processo eleitoral para conselheiros locais de saúde, cinco Unidades de Saúde da zona rural realizaram nesta quarta-feira, 11/3, eleição para os segmentos de trabalhadores e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

As eleições aconteceram nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora Auxiliadora e Nossa Senhora do Livramento, localizadas na área do rio Tarumã-Mirim; na UBS Pau Rosa, localizada no Km 16 da BR-174, no ramal do Pau Rosa; e na UBS Ephigênio Salles, no KM 45 da rodovia AM-010.

Além da zona rural, outras 61 UBSs e policlínicas nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste foram habilitadas para o processo eleitoral para a composição dos Conselhos Locais de Saúde (CLSs), que são formados por representantes de usuários, trabalhadores e gestores, em um mandato de três anos, integrando a estrutura do Conselho Municipal de Saúde (CMS/Manaus).

O presidente do CMS/Manaus, conselheiro Jorge Carneiro, explica que os CLSs atuam de forma local junto às UBSs e policlínicas, contribuindo com sugestões, identificando dificuldades no acesso aos serviços e auxiliando a gestão para a melhoria do atendimento em saúde.Os representantes de gestores nos CLSs são indicados pela gestão dos serviços do Distrito de Saúde, já os trabalhadores votam no segmento dos trabalhadores e usuários para o segmento de usuários. Como ocorre no CMS, a composição dos CLSs é paritária com 50% de representantes de usuários, 25% de gestores e 25% de trabalhadores no SUS.

 

“Com essa nova eleição, o CMS vai ampliar o número de Conselhos Locais, que hoje é de 61 CLSs, fortalecendo o controle social na saúde”, informou Jorge Carneiro.

Após a eleição na zona rural, o processo eleitoral deste ano deverá registrar mais de 6 mil votos de usuários. “Essa participação expressiva do segmento dos usuários revela a força do controle social e mostra que as pessoas estão preocupadas e interessadas em manter o SUS forte, onde a comunidade possa ter garantido o direito de participar e contribuir com a melhoria dos serviços de saúde”, destacou Jorge Carneiro, agradecendo o apoio dos conselheiros de saúde e da gestão da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio das chefias dos Distritos de Saúde, na execução do processo eleitoral.

Um dos eleitores para o segmento de usuários foi o agricultor Renato Ribeiro Fonseca, morador do ramal Bons Amigos, KM 43 da AM – 010, que votou nesta quarta-feira, 11/3, na UBS Ephigênio Salles. “Minha família é atendida na UBS Ephigênio Salles e por isso acredito que é muito importante participar da eleição para o CLS, mesmo em um dia de trabalho durante a semana. É a primeira vez que voto para o CLS, mas conhecia e acompanhava o trabalho e por isso vejo como é importante para a comunidade, principalmente quando você consegue oferecer sugestões para a melhoria do processo”, afirmou Renato Fonseca.

Balanço

Segundo o coordenador da Comissão do Processo Eleitoral e conselheiro municipal de saúde, Elson Moreira de Melo, as eleições nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste registraram um total de 5.505 eleitores do segmento dos usuários e 2.032 eleitores do segmento dos trabalhadores.

“A participação foi muito positiva e superou as expectativas do Conselho Municipal de Saúde, mesmo porque a eleição ocorreu durante a semana e o voto não é obrigatório. É um processo democrático extremamente importante, porque os CLSs são um braço do Conselho Municipal de Saúde dentro das UBSs, permitindo a descentralização do controle social no município e ajudando a buscar soluções em um nível local”, afirmou Elson Melo.

Na zona urbana de Manaus, a zona Leste registrou o maior número de votos absolutos com eleição em 20 Unidades de Saúde no dia 6 de março, com um total de 2.272 eleitores, entre usuários e trabalhadores. Na zona Oeste, a eleição foi realizada dia 9 de março em 15 Unidades de Saúde com 1.932 eleitores.

Na zona Norte, onde foi iniciado o processo eleitoral no dia 2 de março, houve eleição em nove Unidades de Saúde (UBSs) com 1.709 eleitores. Na zona Sul de Manaus, a eleição aconteceu no dia 4 de março em 16 Unidades de Saúde, com a participação de 1.224 eleitores.

Após as eleições e consolidação final dos votos, o CMS/Manaus fará, entre 27 de março e 3 de abril, a publicação do decreto de nomeação dos novos conselheiros no Diário Oficial do Município (DOM), com a posse marcada para o dia 8 de abril em assembleia extraordinária.

 

 

Fonte: ASCOM/SEMSA-MANAUS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *