Festivais de cinema se reinventam garantindo eventos na pandemia

Festivais de cinema se reinventam garantindo eventos na pandemia

Cultura

Os festivais de cinema tiveram que se reinventar para garantir os eventos em meio à pandemia de covid-19. No Maranhão, o Festival Guarnicê será realizado em formato híbrido de 14 a 21 de outubro. Haverá transmissão online pelas redes sociais e plataforma de streaming e cine drive-in.

Professora da universidade federal do Maranhão e coordenadora do festival, Li-Chang Shuen Sousa, detalha as mudanças. Por causa do formato online, pessoas de qualquer lugar podem acompanhar as mostras e até participar das oficinas – inclusive umas das cinco realizadas em parceria com a Academia Internacional de Cinema.

O Festival Guarnicê de Cinema está na edição número 43. A lista dos 51 filmes nacionais e estaduais selecionados para as mostras competitivas foi divulgada nesta quinta-feira (10).

Nove filmes, sendo sete deles documentários concorrem na Mostra Competitiva Nacional de Longas. São eles: Negro Em Mim, Vidas Barradas, Servidão, Diga meu Nome, A Nossa Bandeira Jamais Será Vermelha, Sertania, Soldados de Borracha, A Mulher da Luz Própria e Terminal Praia Grande.

As películas selecionadas foram produzidas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Maranhão e Distrito Federal.

O festival ainda tem as categorias Curtas Nacionais, Curtas Maranhenses e Videoclipes Maranheneses. A programação pode ser conferida no site guarnice.ufma.br

Fonte: RÁDIOS/EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *