Fapeam divulga resultado do Programa Ciência na Escola, Edição 2020

Fapeam divulga resultado do Programa Ciência na Escola, Edição 2020

Ciência e Tecnologia

Um total de 600 projetos submetidos por professores da capital e do interior do Amazonas foram aprovados no Programa Ciência na Escola (PCE), edital Nº001/2020. O  anúncio do  resultado final do PCE  foi feito nesta sexta-feira (7), durante a  live  transmitida no canal do YouTube da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam).

Pioneiro no país, o Programa Ciência na Escola é uma ação criada pela Fapeam desenvolvida em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) e Secretaria Municipal de Educação (Semed). O programa é direcionado à participação de professores e estudantes de escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus em projetos de pesquisa científica e de inovação tecnológica.

Lançado no mês de fevereiro deste ano, a edição 2020 do PCE recebeu número recorde de propostas. Foram 912 projetos inscritos de 38 municípios do Amazonas, representando um aumento de 22% em relação à edição de 2019.

Durante o anúncio, a diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, enfatizou que o PCE é um Programa com um grande diferencial para  a educação básica do Amazonas.

“O PCE é muito especial para Fapeam, porque ele é direcionado para a educação básica. É um programa que conta com professores  e estudantes que têm a oportunidade de aproximarem-se da pesquisa científica e da pesquisa tecnológica, propiciando benefícios não só para o ensino, mas também para seus atores e para a comunidade, além de ser um meio que os leva a valorizar exatamente isso, a educação, a ciência, a tecnologia e inovação”, pontuou.

Segundo a secretária da Semed-Manaus, Kátia Helena Schweickardt,  para produzir bons cientistas é necessário, antes de tudo, alfabetizar as crianças, avançar no letramento deles, seja no letramento em ciências, seja em matemática, seja nas linguagens.

“Nós temos conseguido aos poucos fazer isso, melhorando a qualidade da educação básica na cidade de Manaus. E nos últimos anos, a prefeitura de Manaus por meio da Semed, tem avançado na produção científica e tem sido fundamental nesse processo a parceria com a Fapeam, conseguimos em 2018, aprovar 86 projetos no Programa Ciência na Escola e, em 2019, demos um salto para 110 projetos. Ano a ano a gente vem conseguindo resultados”, destaca.

Para o Secretário da Seduc-Amazonas, Luis Fabian Barbosa, a educação inovadora é aquela que foca no desenvolvimento das habilidades e competências do século XXI. “Dentre essas habilidades está a de solucionar problemas, informar nosso aluno sobre o método cientifico; isso nos ajuda muito no desenvolvimento dessa habilidade,  a Fapeam por meio do PCE, tem sido uma grande aliada, para implementação de uma nova educação na rede estadual de Educação”, enfatiza.

Investimento

O PCE 2020 conta com investimento de R$ 3.366.000,00 (três milhões, trezentos e sessenta e seis mil reais), oriundos do orçamento da Fapeam, para a participação de professores e estudantes de escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus em projetos de pesquisa científica e de inovação tecnológica desenvolvidos no âmbito da educação básica.

Cada proposta aprovada poderá contemplar 1 (uma) bolsa Professor Ciência na Escola – PCE/I pelo período de 6 (seis) meses, e até 3 (três) bolsas de Iniciação Científica Tecnológica Júnior – ICT/JR pelo período de 5 (cinco) meses.

Sobre o PCE

Criado em 2004, o  PCE  é uma iniciativa  da Fapeam, em parceria com a Seduc e Semed Manaus, com objetivo de apoiar a participação de professores do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, da 1ª à 3ª série do ensino médio e suas modalidades: Educação de Jovens e Adultos, Educação Escolar Indígena, Atendimento Educacional Específico e Projeto Avançar, em projetos de pesquisa desenvolvidos em escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus.

 Resultado do PCE edital Nº001/2020

 

Fonte: ACOM/FAPEAM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *