Cronograma de reformas nos centros de arte é ajustado pela prefeitura

Cronograma de reformas nos centros de arte é ajustado pela prefeitura

Cidade

Uma última vistoria para ajustes nos projetos antes da reforma foi realizada nesta terça-feira, 11/5, nas duas escolas municipais de artes da zona Leste de Manaus, pelo diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira, pelo vice-presidente do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), Neilo Batista, e pelo subsecretário de Infraestrutura e Logística, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Marcelo Campbell, aos Centros de Arte e Educação (Cmae), Aníbal Beça e Nelson Neto, nos bairros São José 3 e 4, respectivamente.

Trouxemos nossos técnicos para fazer algumas adaptações ao projeto existente antigamente, com o objetivo de realizarmos uma reforma rápida com os contratos existentes com as empresas de manutenção”, explicou o subsecretário Campbell, que destacou a decisão do prefeito David Almeida de promover uma reforma sem gastos desnecessários.

Segundo ele, há contratos para fazer o telhado, forro e pintura, só faltando avaliar os custos para os banheiros, o que pode demorar de dois a três meses para a conclusão do Cmae Nelson Neto. “Nossa maior dificuldade vai ser atender a construção dos banheiros, que exigem um estudo da rede de esgotos, já que não tem espaço para fossas”, observou.

A situação do Cmae Aníbal Beça é mais complexa pela dimensão dos três prédios que englobam estúdio de dança, banheiros, prédio circo-escola e sede administrativa e precisa de uma ampla reforma devido ao estado de abandono e depredação.

“Depois de tanto tempo de abandono e subutilização vamos recuperar e potencializar o funcionamento dos dois importantes centros de artes com a nova visão do projeto ‘Farol do Conhecimento”’, explicou o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira. “A vontade do prefeito David Almeida é levar esse projeto luminoso para todas as cinco zonas de Manaus”, revelou.

Projeto

O vice-presidente do Concultura, Neilo Batista, comentou que desde a primeira visita realizada aos Cmaes foi detectada a importância para a população desses projetos educacionais, que transformam vidas e têm uma importância inestimável para a zona Leste da cidade. “Vamos reativar com o projeto Farol do Conhecimento as mais variadas formas de artes e agregar o esporte em parceria com a Semasc (Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania)”, salientou.

No Cmae Nelson Neto, Batista destacou a existência de um corpo técnico capacitado com as presenças de professores de alta categoria, como os músicos Rinaldo Buzaglo e Raimundo Nonato Pacheco Gusmão (o Natinho do Mureru), que ensinam harmonia musical e canto.

No Cmae Aníbal Beça, dois mestres pioneiros das artes circenses, José Maria Barbosa Cunha (o palhaço Teco-Teco e o trapezista Jota) e o pirofagista Alain Vazques (Mr. Alain, comedor de fogo) acompanharam toda a visita, relembrando as centenas de alunos que se revelaram artistas, mas, principalmente, aprenderam a ser cidadãos.

Fonte: ASCOM/SEMCOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *