CPI da Covid vai encaminhar depoimento de Wajngarten ao MP

CPI da Covid vai encaminhar depoimento de Wajngarten ao MP

Brasil

O presidente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), anunciou que irá encaminhar ao Ministério Público (MP) os autos do depoimento desta quarta-feira (12) do ex-secretário de Comunicação do governo Bolsonaro Fabio Wajngarten. Ele acatou questão de ordem apresentada pelo senador Humberto Costa (PT-PE).

O MP deverá apurar eventuais mentiras e contradições de Wajngarten, podendo responsabilizá-lo por crime de falso testemunho. De acordo com o pedido de Costa, diversos senadores presentes à reunião consideraram que o ex-secretário não foi verdadeiro em seu depoimento.

O senador Omar Aziz afirmou ser importante que o MP apure se o ex-secretário infringiu o Código Penal com o suposto falso testemunho.

“É importante que o Ministério Público averigue se o depoente infringiu o Código Penal ao oferecer a esta CPI falso testemunho ou falsa perícia.”

Após o anúncio, Aziz fez um duro discurso a Wajngarten ao dizer que uma eventual prisão “será o menor castigo” já que ele não agradou nem aos senadores e nem ao governo.

Em relação ao senhor Wajngarten: a prisão seria o menor castigo que você vai sofrer na vida porque hoje aqui você não ficou bem com ninguém. Você trouxe uma contribuição que ninguém trouxe. Então, você não agradou ao governo. A ninguém você agradou aqui. Então, você vai sofrer. A prisão não seria nada mais terrível do que você perder credibilidade, confiança e o legado que construiu. Eu te aconselho quando for chamado para falar sobre o que aconteceu hoje, fale a verdade”.

Aziz disse ainda que não irá aceitar intimidações à CPI e indicou que pode acatar, eventualmente, medidas contra depoentes. “Não se iludam que eu não vou ter essa parcimônia que eu tive ate aqui”, disse.

Ele defendeu a reconvocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Um requerimento nesse sentido pode ser votado na quinta-feira (13). Disse, inclusive, que o titular da Saúde “mentiu mais” que Wajngarten.

Fonte: PODER360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *