Senado vai homenagear general Eduardo Villas Bôas

Política

Senador Chico Rodrigues é o autor do requerimento de homenagem

Uma sessão plenária especial será realizada na próxima segunda-feira (12), às 16h, em homenagem ao general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, que atuou como Comandante do Exército Brasileiro entre 2015 e janeiro de 2019. O requerimento para a realização do evento foi feito pelo senador Chico Rodrigues (DEM-RR).

O general, que hoje atua como assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do Palácio do Planalto, ingressou no Exército em 1967, exerceu diversas funções importantes ao longo de seus 50 anos de carreira militar e foi agraciado com 14 condecorações nacionais.

Segundo Chico Rodrigues, é necessário homenagear o general, o qual descreve como último herói vivo brasileiro.

“É por seu belíssimo trabalho e contribuição de uma vida à nação e às famílias brasileiras e por considerar que deve-se ao general Eduardo Villas Bôas, na qualidade de comandante do Exército de nossa nação, a preservação da democracia brasileira, que apresento este requerimento de realização de uma sessão especial solene a fim de fazer uma homenagem em vida ao nosso querido general Eduardo Villas Bôas”, explicou o senador.

Solidariedade ao general

Em maio, o Senado enviou votos de solidariedade ao general Villas Bôas, após o ex-comandante do Exército ter sido atacado por Olavo de Carvalho nas redes sociais. O escritor fez referências negativas às condições de saúde do militar, que sofre com a doença degenerativa Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA).

Na época, diversos senadores se manifestaram defendendo Villas Bôas, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, reuniu-se com o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, o general Augusto Heleno, para prestar solidariedade.

— Acredito que nós precisamos de pessoas de bem que ajudam o Brasil aqui no Estado nacional, na nossa Federação, como é o caso do General Villas Bôas, que está aqui trabalhando com toda a dificuldade, está lá no Palácio do Planalto ajudando o ministro general Heleno a construir a nossa grande nação — declarou.

 

Fonte: AGÊNCIA SENADO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *