Rádio MEC AM do Rio completa 96 anos com programação especial

Música

Rádio MEC AM do Rio de Janeiro completa 96 anos no ar hoje (7). A emissora foi criada pelo antropólogo, pai da radiodifusão no País, Edgar Roquette-Pinto. A então Rádio Sociedade do Rio de Janeiro entrou no ar definitivamente em 1923, com o prefixo PRA-A, como a primeira rádio oficial do Brasil. Foi em 7 de setembro de 1936, que passou a se chamar Rádio Ministério da Educação e, posteriormente, Rádio MEC. Roquette-Pinto ainda a dirigiu até 1937, quando foi substituído por Fernando Tude de Sousa.

Para comemorar, a programação de 96 anos da MEC AM contará com o interprograma Acervo Rádio MEC que colocará no ar, de hora em hora, momentos marcantes da história da rádio. A MEC também fará entrevistas com personalidades de várias áreas, ouvintes da emissora, sobre assuntos que estão diariamente na grade da rádio — como teatro, programação infantil, cinema, literatura, educação, saúde e Música Popular Brasileira. “A Rádio Sociedade deu ao veículo um outro sentido, o de compartilhar conhecimento pelas ondas do rádio. Ou, como dizia Edgar Roquette Pinto, uma escola para os que não têm escola”, destaca o gerente da Rádio MEC Thiago Regotto.

A Rádio 

Com cerca de 50 mil registros e produções, a MEC AM possui um patrimônio de gravações de depoimentos que vão de Getúlio Vargas a Monteiro Lobato, passando por crônicas de Cecília Meireles e Manuel Bandeira.

A programação é voltada para a difusão da cultura brasileira e contempla a diversidade de gêneros como o choro, a música regional, a música instrumental e de concerto. Tem ainda programas dedicados à literatura, ao cinema, À dramaturgia e às artes. “Os conteúdos são os pilares da rádio educativa idealizada por Roquete, herdados pela então Rádio Ministério da Educação, e que serviram de modelo para as diversas emissoras educativas e universitárias que surgiram no País a partir dos anos 1950”, conclui Regotto.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *