Fiscalização ambiental retira novo foco de invasão nas margens do Igarapé do Mariano

Notícias

Um foco de invasão, em fase inicial, foi retirado na manhã desta terça-feira, 18/12, das margens do Igarapé do Mariano, um dos tributários do Igarapé Tarumã-Açú, ainda preservado, no Tarumã, zona Oeste de Manaus. A área fica localizada em uma propriedade particular, que foi alvo de invasores, em 2011, no local onde se formou a extinta invasão José de Alencar. A ocupação coloca sob risco de contaminação o curso d’água e toda a vegetação já recomposta do local. Foram retiradas 25 armações de barracos. Essa é a segunda ação de retirada na área nos últimos dois meses.

A operação foi coordenada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), e contou com o apoio do Batalhão Ambiental da Polícia Militar, Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e Grupo Integrado de Prevenção às Invasões em Áreas Públicas (Gipiap). No dia 23/11, a fiscalização ambiental da Prefeitura de Manaus esteve no local após receber denúncias acerca da tentativa de reocupação da área.

Os invasores estão adentrando o local por meio do igarapé, de canoa, e construindo armações de barracos na Área de Preservação Permanente (APP). Os fiscais informaram que a tentativa dos invasores era a de reconstruir os barracos retirados em novembro. Em 2011, mais de 3 mil barracos foram demolidos durante a megaoperação de retirada dos invasores da área. Com este foco, subiu para 31 o número de focos de invasão monitorados pela Semmas este ano em Manaus.

 

Fonte: SECOM/Semmas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *