Empresa de componentes anuncia instalação no PIM

Economia

Empresa especializada no desenvolvimento e produção de rotomoldagem, a Resiplastic Indústria e Comércio pretende se instalar no Polo Industrial de Manaus ainda este ano. Com quatro unidades instaladas no País, o grupo pretende encaminhar ao Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) projeto para a fabricação de componentes plásticos inicialmente.

A produção de sensores para tanques de combustíveis está sendo avaliada para uma fase posterior. Os valores do projeto, investimento e mão de obra ainda estão sendo fechados.

Dois executivos da Resiplastic, o diretor de desenvolvimento, José Zacarelli Salgueiro, e o gerente geral, Marcio Pavan reuniram-se, no dia 5 de julho,  com o secretário executivo de Desenvolvimento Renato Mendes Freitas, e equipe técnica, para alinhar informações acerca das estratégias de operação no mercado local.

A rotomoldagem, atividade em que a empresa é referência, é um processo industrial de transformação de termoplásticos. Neste processo obtêm-se peças técnicas simples ou com alto nível de complexidade a baixo custo, se comparadas aos processos de injeção, sopro e vácuo na transformação industrial de material termoplástico.

A empresa atua em diversos segmentos com uma linha de produtos próprios nas linhas automotivas (catálogo e tanques para combustíveis) e moto peças (baú para motocicletas).

HISTÓRIA

A Resiplastic iniciou suas atividades em 1987 na cidade de Ribeirão Pires, ABC Paulista, tendo como seu primeiro produto boias para a indústria pesqueira. Em 1989, expandiu-se no ramo de peças termoplásticas, com o desenvolvimento de caixas de semente e de adubo para máquinas agrícolas de plantio direto.

Devido ao aumento da demanda e a abertura de novos setores, a empresa teve a necessidade de aumentar sua capacidade física e produtiva, mudando-se em 1996 para instalações próprias na cidade de Mauá.

Em 2002, fechou uma Joint Venture com a Empresa Norte Americana Rubbermaid para produção de brinquedos rotomoldados para sua filial Little Tikes, a fábrica foi ampliada com a construção de um novo galpão, fábrica 2, e aquisição de novas máquinas.

Fonte: ASCOM/SEPLAN-CTI-AM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *