Pesquisadores da Embrapa Amazônia Ocidental apresentam trabalho no Congresso Mundial de Pesquisa Florestal

Amazônia

Trabalhos científicos de seis pesquisadores da Embrapa Amazônia Ocidental serão apresentados na XXV Congresso Mundial da IUFRO (União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal), que acontece entre os dias 29 de setembro e 05 de outubro em Curitiba. Considerado o principal evento na área de pesquisa florestal do mundo, o congresso será realizado pela primeira vez na América Latina e está sendo organizado pelo Serviço Florestal Brasileiro e pela Embrapa. Os trabalhos apresentados no congresso pelos cientistas da Embrapa Amazônia Ocidental abordam diferentes temas de pesquisas como manejo florestal, sistemas agroflorestais, integração lavoura-pecuária-floresta, produtos florestais não madeireiros, extrativismo, entre outros.

Ao todo, a Embrapa Amazônia Ocidental apresenta 11 trabalhos no congresso. Para o pesquisador Celso Paulo de Azevedo, a participação no congresso é uma oportunidade para os cientistas brasileiros, uma vez que estarão reunidos especialistas de todo o mundo e pelo fato de ser a primeira vez que o evento é realizado na América Latina. Azevedo estará apresentando quatro trabalhos no evento, dois em sessões técnicas e dois na sessão de pôsteres. Nas sessões técnicas, Azevedo vai mostrar resultados de pesquisas de manejo florestal em áreas de várzea e de terra firme no estado do Amazonas. “As pesquisas, por serem de manejo florestal, tem longa duração, mas buscam oferecer aos produtores soluções tecnológicas e recomendações que visem um manejo florestal comercial de forma sustentável”, ressalta o pesquisador.

Outro pesquisador da Embrapa Amazônia Ocidental que vai estar no congresso é Silas Garcia de Souza, coautor de três trabalhos que serão apresentados. Souza vai apresentar resultados de pesquisas como a utilização do mogno em sistemas agroflorestais e ILPF e também sobre produção agrossilvicultural e agroextrativista na hinterlândia amazônica. Já a pesquisadora Kátia Emídio da Silva é coautora de cinco trabalhos que serão apresentados. Dentre eles, quatro abordam pesquisas com a castanha-do-brasil, espécie natural da Amazônia e que é produzida basicamente por meio do extrativismo de comunidades tradicionais. Além desses, a pesquisadora Cintia Rodrigues de Souza é coautora de três trabalhos na área de manejo florestal, Elisa Vieira Wandelli participa de um trabalho sobre sistemas agroflorestais e o pesquisador Roberval Lima é coautor de uma pesquisa sobre relação entre solo e planta na floresta amazônica que será apresentada no congresso.

O Congresso – Maior evento de discussão técnica e científica de pesquisa  florestal do mundo, o XXV Congresso Mundial da União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO) vai reunir mais de 2.300 pesquisadores, estudantes e profissionais ligados ao setor. Com o tema “Pesquisa Florestal e Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável”, o congresso terá, ao longo de uma semana, cinco plenárias com palestrantes de renome mundial, 20 subplenárias, 190 sessões técnicas com apresentações de mais de 4 mil trabalhos em forma oral e pôster, 23 excursões técnicas, além de 30 eventos e reuniões paralelas. Toda a programação estará distribuída em cinco temas estratégicos: “Florestas para as Pessoas”; “Florestas e Mudanças Climáticas”; “Florestas e Produtos Florestais para um Futuro Mais Verde”; “Biodiversidade, Serviços Ambientais e Invasões Biológicas”; e “Florestas, Interação com o Solo e Água”.

 

Fonte: ASCOM/EMBRAPA-AMAZÔNIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *