Governo do Amazonas inaugura três queijarias em Autazes

Amazônia

Com objetivo de incentivar a população amazonense a consumir produtos de origem animal de qualidade e inspecionados, o Governo do Amazonas, por meio da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf), autarquia vinculada à Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), certificou e inaugurou três queijarias com o Serviço de Inspeção Estadual (SIE), nesta quinta-feira (13), em Autazes. Cada uma delas terá a capacidade de produzir 1.000 litros de leite por dia dia.

De acordo com o Sistema Sepror, essas queijarias fazem parte do projeto Rota do Queijo, voltado à regularização de queijarias oriundas da agricultura familiar do Amazonas, que são acompanhadas por uma equipe multidisciplinar composta por técnicos do Sistema Sepror (Seapaf, Idam e Adaf), em parceria com as prefeituras locais.

Para o secretário da Sepror, Petrucio Magalhães, as queijarias representam a valorização de produtos regionais e a proposta é que outras ações continuem no município. “Estamos valorizando os produtos regionais que são produzidos em nossa região. As ações continuam. Em breve, implementaremos o Pró-mecanização, o Pro-calcário, o Pró-semente para garantir maior produtividade desse rebanho, garantindo sanidade e trabalhando com orientação técnica para os produtores de Autazes”, comentou o secretário da produção rural (Sepror), Petrucio Magalhães.

Empreendimentos – Por ordem de inauguração, as visitas passaram pelas propriedades da produtora Diva Garrido, na comunidade Novo Céu, localizada na margem esquerda do rio Mutuca. Em seguida, na propriedade da produtora Arleane Costa Figueiredo, no ramal do Novo Céu, Km 16. E, por último, na propriedade do produtor João Raimundo Lucas Roldão (Autazes), no Lago do Piranha, região do Madeirinha.

Diva Garrido é uma das empreendedoras que recebeu o serviço de Inspeção. Ela afirma que agora a sua produção segue o padrão exigido e que terá mais qualidade. “Esse serviço representa a qualidade do nosso queijo de Autazes. Representa a nossa organização. Pra mim representa muito conseguir esse selo de Inspeção para o meu produto que fazíamos há muito tempo e só agora conseguimos nos organizar”, comentou.

Garantia de segurança alimentar para o consumidor – De acordo com a Adaf, Autazes possui atualmente, com essas últimas certificações, dez empreendimentos no ramo voltado para a indústria de laticínio. A certificação do Serviço de Inspeção é um selo que oferece garantia de segurança alimentar para o consumidor amazonense. Ou seja, os produtores com esta marca passaram por uma série de normas, que vão desde a ordenha até o processamento, a armazenagem e o transporte. Os produtos serão comercializados em todo Estado.

“Inauguramos três queijarias em Autazes, isso é histórico para o serviço de Inspeção Estadual da Adaf, para o Governo do Amazonas e para o Sistema Sepror. Percebemos que os produtores rurais estão cada vez mais engajados, procurando a regularização desses empreendimentos, visando a melhoria da qualidade do produto e as condições higiênico sanitário”, comentou o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo.

Segundo o superintendente federal da agricultura no Amazonas (SFA-AM), Guilherme Pessoa ressalta que tais normas dentro dos padrões higiênico-sanitário são estabelecidas conforme legislação vigente, preconizadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e pela legislação de inspeção de produtos de origem animal estadual e que essas queijarias representam um avanço para o Estado.

“Significa um avanço espetacular. Estamos conseguindo qualificar a cadeia de leite no município de Autazes. Esse é um exemplo de que com esforço é possível fazer. Ficamos felizes e o próximo passo é fazer com que esse queijo ganhe acesso ao país inteiro. Esse é o nosso próximo desafio”, destacou Guilherme Pessoa.

Outra empresária do município, Arlete Figueiredo, que obteve a certificação, afirma o apoio que teve durante este processo foi fundamental e garante que agora os produtos que chegarão na mesa do consumidor serão de qualidade.

Terra do Leite – Autazes é o município conhecido como a Terra do leite. Para o prefeito Andreson Cavalcante, economicamente para o município, o laticínio já é uma marca da região. “A base econômica do município é bacia leiteira que produz muito leite e queijo. E nós temos uma marca muito forte que é o Queijo de Autazes. Quando se trabalha em parceria tudo fica mais fácil, a prefeitura hoje é parceira do Governo do Estado e é parceira dos produtores”, destacou o prefeito do município.

Para marcar esse dia histórico, Autazes ganhou a quinta queijaria flutuante, características regional do Amazonas e dentro da agricultura familiar. O proprietário da Queijaria JN agradeceu a conquista. “É uma queijaria familiar. Toda a minha família trabalha aqui. E eu quero agradecer muito a Deus, à comitiva do prefeito, da Adaf e da Sepror. No dia 26, iremos inaugurar mais uma queijaria”, comentou João Raimundo.

Fonte: ASCOM/Sepror-AM

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *